...o meu "sketchbook"... o meu bloco de notas... o meu eu...

08
Abr 09

Aqui está um achado!! Procurando pelas grutas de disquetes e CD's antigos encontrei isto: um texto que escrevi no meu 4º ano, para um concurso escolar. Achei graça e decidi publicá-lo. Quando o li agora pareceu-me muito piroso, tenho pelos menos 2 adjectivos para cada coisa que descrevo, o que torna a leitura um pouco irritante. Mas não quis mudar, vai tal e qual como o fiz, à muito tempo...

 

GOSTO DE VIVER AQUI
 

    Gosto de viver aqui neste colorido planeta, com mar transparente, verde e azul, dependendo das lindas e vivas flores marítimas que estão nos formosos recifes de coral nos profundos e misteriosos oceanos, que escondem os mais lentos e mais velozes, os mais gordos e os mais magros, os mais feios e os mais bonitos, os mais perigosos e os mais mansos peixes e mamíferos.

    Mas, acima de todas estas maravilhas há uma imensidão de terra larga e extensa chamada continentes, onde vivem as mais diversas, divertidas, ferozes, mansas e coloridas espécies de mamíferos e outros tipos de animais superiores a nós.

    Mas porquê que os animais são superiores ao Homem? Os animais são superiores ao Homem porque respeitam a Mãe Natureza e fazem parte do grande equilíbrio natural que há na Terra.

    Mas também nos esquecemos sempre dos seres inanimados mas que por vezes são as coisas mais belas do Mundo como os cristalinos e luminosos minerais, as gigantescas montanhas, os fundos vales onde passam os espessos e compridos rios, as belas falésias de calcário, que o mar azul gasta e faz disso a fina e macia areia dourada quando beijada pelos calorosos e escaldantes raios de sol que passam entre as brancas e cinzentas nuvens que encobrem o infinito céu azul. Na noite misteriosa que guarda segredos não reveláveis cintilam as minúsculas e longínquas estrelas no céu escuro como o breu.

    Adoro viver aqui, com os fenómenos da Natureza, a cristalina água, a branca, fria e macia neve, o duro e gelado granizo, o colorido arco-íris, o amarelo e quentinho sol, a branca e redonda lua, o cinzento nevoeiro.

    E os campos, o que se poderá dizer acerca deles?

    Os campos contêm os grandes verdes salteados, que cobrem a fresca e fértil Terra que contêm as raízes das altas e majestosas árvores, que reciclam o poluído ar em puro oxigénio.

    E a Energia de onde vêm?

    O Homem descobriu uma forma de produzir energia naturalmente, protegendo assim a bela natureza. O Vento, forte e agitado, faz girar os moinhos, a água que passa pelas barragens e a quente luminosidade solar que dá energia aos painéis solares.

    Debaixo da Terra, fósseis misteriosos dos nossos antepassados aguardam que o mais sábio dos exploradores os descubram, a ele e toda a sua história, para mais tarde, ir para um museu, onde poderá ser visto e percebido por todos. É de lá também, de baixo da Terra, que se escondem furiosos rios de lava saltitante que quando explode transforma-se no mais lindo espectáculo luminoso, arrastando tudo por onde passa.  Também nesse lugar se enterram os mais belos castelos e palácios construídos pelos nossos antigos irmãos Romanos e mouros.

    Gosto de viver aqui nesta infinita história portuguesa com gloriosos reis que venceram as mais perigosas batalhas, os grandes descobridores que fizeram os mais diversos descobrimentos. 

    Mas o mais importante de tudo é a bela amizade e o amor escaldante, porque se todos tivessem as regras do Amor o mundo seria bem mais belo, formoso, lindo e espectacular, e toda a gente diria de boa vontade...

     ... gosto de viver aqui!    Data: 21/03/2002
By... PalavraPuxaPalavra às 17:01
I am...: Velho
para ler ouvindo: Ben Harper - With My Own Two Hands
tags:

quantos cá passaram...
track visits
Game Rental Services
quantos cá passaram...
track visits
Game Rental Services
Ouvir e Ler....


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Vejam, sou eu!
palavras passadas
procurar neste bloco
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30