...o meu "sketchbook"... o meu bloco de notas... o meu eu...

10
Fev 09

      (para quem pensa de menos, para quem quer pensar mais)

 

      Tenho andado com aquelas crises existenciais caracteristicas dos seres racionais (como a maioria dos humanos)...Aqui vai uma lista das 10 coisas que mais me tiram o sono à noite:

  1. Qual é o sentido da Vida?
  2. Estarmos cá é mero acaso ou faz parte de um propósito maior?
  3. Temos alguma finalidade ou estamos apenas de passagem?
  4. Tudo o que fazemos está determinado?
  5. Temos realmente Liberdade?
  6. O que é o Amor?Reacções quimicas, atracção natural ou algo mais?
  7. Existe um Deus?
  8. Em que consiste a Consciência?
  9. Vamos para algum lado depois de morrermos, ou é a Morte o "grand finnali"?
  10. Que caminho a seguir para atingir a melhor Felicidade?

      Muito provavelmente já se terão questionado sobre isto...

(se acharam a resposta a algumas destas problemáticas avisem; são mais 10min de sono que ganho). Enfim, mas não venho propriamente inundar-vos a cabeça de charadas que, aparentemente, não têm solução. Venho até lançar umas ideias para o ar...

 

      Há algum tempo li um livro conhecido pela maioria das pessoas, "A Fórmula de Deus", de José Rodrigues dos Santos. O livro tem várias falhas e a história é um bocado puxada, mas em termos de ideias que nos põem a pensar gostei bastante. Não sei se sairam da cabeça do escritor ou se foram lá incluidas vindas de outras paragens, mas se foi ele, os meus parabéns. 

      Resumindo, o autor afirma que tudo está determinado, mas que quase tudo é indeterminavel. Eu gosto deste ponto de vista, e passo a explicar porquê: 

Imaginemos, que eu fui à dispensa e resolvi tirar bolachas. 

      Através deste ponto de vista, a minha escolha estava determinada a acontecer, ou seja, quando lá fui, não poderia ter escolhido outra coisa senão as bolachas. E porquê? Porque houve um conjunto de factores que me levou a faze-lo. Por exemplo, eu nesse dia, na rua, vi alguém a comer bolachas e fiquei com vontade; a seguir, na TV, vi uma publicidade de bolachas; nesse dia ainda não tinha comido nada doce; etc... Sendo assim, a minha escolha foi determinada por acontecimentos anteriores a ela. Segundo esta cadeia de acontecimentos, esta foi a única alternativa possível.

 

      Agora a segunda parte.

      Porque é que é indeterminável?

      Pois, apesar de eu estar determinado a escolher bolachas, era-me ímpossivel prevê-lo, pois eu não sei nem consigo conhecer todas as circunstâncias que interferiram na minha decisão. Não consigo ter em conta todos os factores, físicos e psicológicos, conscientes e subconscientes que me levaram a escolher bolachas.

      Todas as escolhas e actitudes que tomamos na vida advêm de causas anteriores, em que entram no balanço factores exteriores a nós (natureza, as pessoas, o mundo a nossa volta, etc.) e interiores (maneira de pensar, de avaliar situações, etc.). A meu ver, é-nos ímpossivel recolher todos esses dados de forma a conseguirmos prever uma acção. É claro que por vezes podemos tentar advinhar algumas actitudes, pela maneira de ser de uma pessoa ou pelas circunstâncias em que se encontra, mas a maioria das opções são indetermináveis. E todas elas são determinadas.

 

      E assim?...será que as nossas escolhas são, na verdade, escolhas, no verdadeiro sentido da palavra? Opções que escolhemos de livre vontade sem ser influenciados?

      Pois, sendo assim, sempre que fizerem uma escolha ou executarem um acto, será porque estava determinado e não teriam outra opção se não isso... Mesmo que pensem "hum, vamos cá enganar o destino e apetecia-me muito bolachas mas vou comer cereais"...isto acontece por razões e causas anteriores, dificeis de determinar...

      Agora tentem lá encaixar essa ideia no vosso dia...estranho, não?

      Perceberam?

      Bem, por hoje é tudo, não levam TPC... 

      Aconselho ainda a leitura de um livro muito interessante para quem acha pertinentes estas questões, "O Fio da Navalha", de W. Somerset Maugham. Sinto-me tal e qual como Larry...se lerem, percebem. 

      E ficam com uma frase de uma música da minha big Alicia Keys, da música "Streets Of New York (City Life)": 

The constant state of going nowhere. 

      Keep on thinking!


7 comentários...:
Mais um comentário para me deixar claramente corada:) o sentimento leva a que escreva textos assim.
Agora quanto ao teu post, de facto as perguntas tbm me tiram o sono à noite.
Vou responder então às pergunta,desculpa-me a "seca" x) :
"Qual é o sentido da Vida?" - na minha opinião, cada um nasce para marcar uma diferença, pequena ou grande! cada um nasce, com a tarefa de fazer-se ouvir!
"Estarmos cá é mero acaso ou faz parte de um propósito maior? " - Nascemos por um propósito maior,apesar de maioria das vezes, esse propósito perde-se,devido ao natural egoísmo do Homem.
"Temos alguma finalidade ou estamos apenas de passagem?" - sustentando a minha teoria e opinião, temos uma finalidade,nem todos a cumprem.
"Tudo o que fazemos está determinado? " - é contraditório, mas acho que não! por vezes é de livre vontade que agimos,outras é como tal ja estivesse previsto!
"Temos realmente Liberdade? " - liberdade condicionada, pois a sociedade não aceita diferença nem mudança.
"O que é o Amor?Reacções quimicas, atracção natural ou algo mais?" - o amor entra-te no corpo, dá-te a volta à cabeça, deixa-te mal por vezes,mas sabe sempre bem andar feliz,porque se ama! Ama-se o amor, e isso é como respirar! Precisas, é vital.
"Existe um Deus?" - Não, apenas a Natureza!
"Em que consiste a Consciência?" - naquilo que não queremos ouvir nem seguir!
"Vamos para algum lado depois de morrermos, ou é a Morte o "grand finnali"?" - vamos para quisermos, pelo menos, gosto de assim pensar!
"Que caminho a seguir para atingir a melhor Felicidade?" - aquele que te parecer melhor, seja com obstáculos, seja simples,seja vazio, ou demasiado preenchido de medos e duvidas! Melhor perder cansado, do que acobardar com a dúvida!



a parte das bolachas, foi uma boa maneira, de explicar que somos indubitavelmente influenciados pelo o que vemos e pelo que sentimos diariamente.
Estranhamente não soube identificar uma situação, onde isso me aconteça!

E pronto, o teu comentário, deu-me vontade de escrever uma grande resposta!
Pareces-me bastante culto e ligado a literatura! Posso saber a tua idade:)?
Beijinho e, mais uma vez,desculpa a "seca"!
Hannah.Mushroom a 10 de Fevereiro de 2009 às 19:35

dava-te alguns anos mais, uns 20 para aí x)
hmm nao queria interferir na tua rotina de sono ahahah´
Eu ando sempre de livros atrás, até me "gozam" por ir ler para a praia LOOOL
Mas adoro mesmo ler.
quais livros de temas abstractos? sugere-me uns titulos pf!
ora uma pessoa como eu? corei de novo, ja está a tornar-se hábito.
tenho 17, mas ninguém me dá esta idade!
e escrevo bem apenas, mas obrigado pelo elogio, fico comovida:)
livros preferidos?
e quais os interesses que parecemos termos em comum?=)
beijinho, rapaz "palavra puxa palavra!", o nome suscita-me curiosidade!
Hannah.Mushroom a 10 de Fevereiro de 2009 às 22:49

é verdade,20 anos=) e a mim? quantos me davas?
nunca li esses livros,agora ando a procura do livro do dessassosego de Bernardo Soares, um heterónimo de Fernando Pessoa!
E ando a ler um livro de Isabel Allende " A casa dos espirítos".
Que mais genéros de livros oostas de ler?
Sim, de facto temos interesses em comum, poesia, livros,filosofia(eu divago mais, do que filosofo ahahah).
e Música? que ouves? já agora pdoes dizer-me de quem é a segunda música do teu mixpod?
e tbm adoro escrever! Gosto de Fernando Pessoa e Alexandre O'neill! e tu?
Suscita-me muita curiosidade, pois é um nome original, e puxas de facto pelas pessoas,suscitas o interesse a ler o teu post várias vezes.
O meu nome do blog, surgiu devido ao simples motivo, em que acho que vivemos numa sociedade de perfeitos animais! e mais não digo x) ahahaha
Hannah.Mushroom a 11 de Fevereiro de 2009 às 19:18

Ela canta tão bem, é de levar às lágrimas!
Cantas no coro:)? que giro, tens muita coragem! eu cá não sei cantar,prefiro dançar!
Mas diz-me? que ouves?
Uma pergunta, tu conheces a muffin? ela tbm canta num coro,adoro o blog dela: )
Bem vou desencantar mais um post para o blog x) beijinho
Hannah.Mushroom a 11 de Fevereiro de 2009 às 19:56

Adoro Mariza e Camané,enquanto cantor dos Humanos!
ouço rock,metal,reggae,house,opera,musica classica, musica celta,árabe, russa, eslovena,por aí..e tbm indie rock e musica alternativa,como Emir Kusturica:)
Sou do Porto e tu=)?
Hannah.Mushroom a 11 de Fevereiro de 2009 às 22:33

adoro adoro Cirque du Soleil, sao os espectáculos mais lindos de sempre=)
tbm gosto mt de coldplay!
ouves paramore? hmm devido ao crepusculo ou ja eras fã?
dos donna maria gosto da música "vinho do porto."
sou mais apreciadora de bandas tipo metallica, il niño!
mas tbm gosto de um bom tango progressivo, tipo gotan project
Hannah.Mushroom a 13 de Fevereiro de 2009 às 18:22

és defnitivamente culto, não conheço ninguém da nossa idade que saiba quem é o astor piazzola!
e tenho pena,mas nunca fui o cirque du soleil ao vivo, mas é um dos meus sonhos: )
todos os anos vej o espectáculo na televisão
Hannah.Mushroom a 13 de Fevereiro de 2009 às 21:57

quantos cá passaram...
track visits
Game Rental Services
quantos cá passaram...
track visits
Game Rental Services
Ouvir e Ler....


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Vejam, sou eu!
palavras passadas
procurar neste bloco
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28